domingo, 17 de julho de 2016

Desafio 21 dias sem açúcar

(imagem daqui)

Pois... parece que afinal não é e que eu sou uma séria candidata a sócia do clube dos viciados em açúcar. 

Apesar de tudo acho que como atualmente muito melhor do que comi durante anos, mas ainda assim com muitas decisões erradas (sobretudo ao lanche, quando sinto uma grande quebra de energia) e com as suas consequências.

Estou cada vez mais alerta para a importância da alimentação no nosso bem estar e com todas as informações que comprovam os malefícios do açúcar decidi que era altura de começar a comê-lo de forma muito mais responsável.

Assim, de entre as várias opções que encontramos por aí sobre este tema, peguei no livro "Doce Veneno" da nutricionista Cláudia Cunha (que conheci a partir desta receita que vi na revista Bimby) e vou tentar seguir os seus conselhos. 

De uma forma geral, precisamos de 21 dias para mudar de hábitos e o objetivo é durante este período eliminarmos o açúcar (mesmo os naturais, como o mel, e comer fruta com moderação) bem como os adoçantes artificiais, fazendo um "reset" ao nosso palato.

Vou tentar partilhar todas as refeições que fizer e descrever como me vou sentido. Pode ser interessante para quem quiser fazê-lo também e é mais um incentivo para eu conseguir levar isto avante. 

Ora bem, segundo a proposta do livro temos:

Alimentos a eliminar

Açúcares naturais e artificiais: Açúcar, sacarina, aspartame, ciclamato, sucralose, acessulfame K (acessulfame de potássio), lactitol, neotame, açúcar invertido, dextrina, eitritol, etil maltol, glicerol, isomalte, lacticol, lactose, maltitol, maltodextrina, manitol, agava, polidextrose, sortbitol, xarope de açúcar, xarope de milho, xilitol, mel.

Hidratos de carbono refinados: Pães industrializados, doces, bolos, batatas fritas, biscoitos... basicamente processados.

Hortofrutículas: Mandioca, polenta, batata-doce (whyyyy???), milho, inhame.

Fruta: Que não esteja na lista de alimentos a introduzir.

Lacticínios: Leite de vaca, quejo de vaca, queijo de ovelha, iogurtes de leite de vaca.

Cereais: Cevada, centeio, trigo.

Bebidas: Bebidas alcoólicas, produtos diet, zero, "sem açúcares adicionados" ou adoçantes de modo artificial, leite de vaca e lacticínios, refigerantes.

Temperos: Molho de soja, ketchup, maionese, molhos comerciais.


Alimentos a introduzir

Carne, peixe, marisco e ovos: preferencialmente carne de aves e ovos S ou M. Peixe sem restrições.

Pão: pão feito a partir das farinhas e alimentos permitidos.

Legumes e vegetais: acelga, aipo, alcachofras, alface, alfafa (o que é isto?), alho, alho-francês, agrião, beringela, brócolos, beterraba, cebola, cenoura, chuchu, curgete, cogumelos, couve-chinesa, couve-portuguesa, couve-flor, couves, couve-de-bruxelas, chalota, espargos, espinafre, feijão-verde, favas, gengibre, nabo, pepino, pimentos, rabanetes, ruibarbo, repolho, rúcula, tomate.

Frutos secos (inteiros ou em farinha), ao natural: amêndoa, castanha-do-brasil, nozes, avelãs, pistácios, amendoins, cajus, pinhões.

Sementes (inteiras ou em farinha): abóbora, cânhamo, chia, linhaça, papoila, sésamo.

Gorduras: de origem animal - ghee, manteiga; de origem vegetal - abacate, óleo de abacate, óleo de linhaça, azeite extravirgem, óleo de sésamo, óleo de coco, óleo de palma.

Lacticínios - leite de cabra, iogurte de cabra, iogurte de coco ou amêndoa.

Bebidas - bebidas vegetais (de coco, amêndoa, noz, avelã, quinoa, linhaça, aveia ou girassol sem açúcar), café expresso (máx. 2 por dia), chá-verde, preto, branco, de ervas, água (pelo menos 1,5l/dia)

Fruta (máx. 2 peças por dia) - banana, uvas (50g), maçã, pera, laranja, tangerina, pêssego, ananás, ameixa (100g), mirtilos, morangos, framboesa, amoras (200g), limão e lima (ilimitado).

Grãos/cereais - arroz integral, ervilhas, feijão, grão-de-bico, lentilhas, aveia, quinoa, tapioca.

Farinhas - de arroz, de aveia, de amêndoa, de coco, de alfarroba, de quinoa, de trigo sarraceno.

Temperos - todas as ervas, azeite extravirgem, vinagre de vinho branco, de vinho tinto, de cidra e vinagre balsâmico.


Vamos a isto... começamos amanhã, pois hoje o almoço de família teve direito a sobremesa ultra doce (ups), e segunda-feira deve ser o dia mais escolhido para iniciar novos hábitos!

4 comentários:

  1. Querida, gabo-te o gosto e a determinação! Eu não conseguiria! Força! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) No livro fala em "plano", mas acho que chamar-lhe "desafio" é mais correto conhecendo-me como me conheço ;) beijinhos

      Eliminar
  2. Olá! Adorei este desafio! Quero muito fazer. Sabes de queijo de cabra e bebida vegetal de arroz podem fazer parte?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, penso que podem os dois de acordo com o que diz o livro. Tem só atenção com a bebida vegetal de arroz se usares de compra, pois pode ter açúcar - confirma na lista dos ingredientes. Sei que o Aldi vende um de arroz e soja que não tem :) Boa sorte com o desafio!! Acho que vale mesmo a pena :) beijinhos

      Eliminar